NOITES DE TERROR (1981). Dir.: Andrea Bianchi.

 

 

burialgroundbrseverinfilms-01.jpg

 

NOTA: 8.5

 

Sinopse:

Um grupo de amigos vai passar o fim de semana no casarão de um professor. Ao chegar lá, descobrem que o professor estava estudando os segredos dos etruscos, que conseguiram vencer a morte. No entanto, eles resolvem explorar a casa e curtir o final de semana. Mas, logo tudo se transforma em um pesadelo, porque os etruscos voltaram à vida como zumbis famintos por carne humana. Agora, eles precisam lutar contra os mortos-vivos, se quiserem sobreviver.

 

 

NOITES DE TERROR (1981), do diretor Andrea Bianchi, é uma baboseira trash. Mas, é uma baboseira trash muito divertida! É sem dúvida, um dos melhores filmes italianos de zumbis já feitos, e fica melhor a cada revisão.

E o mais legal, é o que filme não tem vergonha nenhuma de se assumir trash, seja pela caracterização dos zumbis, pelas atuações canastronas dos atores, pela direção ou pelo roteiro; o fato é que é um filme trash e ponto. Além de ser um filme trash, é também um dos mais absurdos, principalmente por conta de algumas cenas.

Uma pena que não se fazem mais filmes assim hoje em dia, com essa carga de trasheira, que fazem a gente rir. E não só isso; o filme também tem um clima de interior, com uma belíssima ambientação no casarão em fim de tarde, o que deixa-o ainda mais atraente, pelo menos para mim.

O diretor Bianchi sabe filmar cenas externas, com seus enquadramentos, ele pega muito bem os cenários, de uma forma até convidativa. É sério, desde a primeira vez que vi o filme, fiquei com vontade de conhecer aquele cenário, porque é muito bonito. De verdade.

 

Burial-Ground-1981-02 (1)

 

Mas não é apenas o cenário que é atraente. Os efeitos de maquiagem dos zumbis são excelentes. Os zumbis são putrefatos, com vermes saindo das órbitas, os crânios cheios de terra, roupas maltrapilhas e andar lento. Aquele tipo de caracterização que não dá pra levar a sério, mas que é bem legal, daquele jeito exagerado que os italianos gostavam de fazer.

Os atores também não ficam atrás. São todos um bando de canastrões, fazendo caras e bocas e gestos exagerados na presença dos mortos-vivos. Impossível dizer qual é o “pior”, uma vez que todos exageram nas atuações. O pior é que nenhum dos personagens desperta nosso interesse; eles são simpáticos, cada um a sua maneira, mas não são interessantes, aqueles por quem a gente torce no final do filme. Eles não são assim! Desde que os zumbis surgem, a gente torce por eles, para que eles acabem com os vivos! É sério! O casal de “mocinhos” não convence, são dois completos idiotas; o mesmo vale para os outros.

 

large_burial_ground_X02_blu-ray_.jpg

 

burialground6.jpg

 

large_burial_ground_06_blu-ray_ (1)

 

Mas, tirando esse “detalhe”, é possível se divertir com Noites de Terror, seja pelos fatores já mencionados acima, seja pelo roteiro. Parece que nada faz sentido nesse filme! Para o expectador mais exigente, talvez seja assim mesmo, mas pra mim, não é bem assim. Eu sou do tipo que gosta de preencher os “furos” de um roteiro, até porque, nem sempre as pessoas dizem quais são. Talvez o principal aqui esteja no começo do filme, quando o professor – sempre barbudo, não é? – descobre um desenho num pedaço de pedra em uma caverna próxima, e, quando retorna, disposto a descobrir o restante, os zumbis são despertados. Para o expectador mais exigente, talvez não faça o menor sentido, mas para mim, é assim: o desenho que o professor removeu da parede da caverna mantinha os mortos aprisionados, e, uma vez que foi removido, eles foram libertados. E a tal da “Profecia da Aranha Negra”, descrita no filme, pode estar presente naquelas inscrições na caverna. Enfim, a minha interpretação é essa.

 

Burial-Ground-prophecy-text
“A Terra irá tremer… Tumbas irão se abrir… Eles virão até os vivos como mensageiros da Morte e haverão Noites de Terror…” – Profecia da Aranha Negra

 

Como mencionado acima, os efeitos especiais são um destaque. Criados por Gino De Rossi – não o Maestro Giannetto de Rossi! – em parceria com Rosario Prestopino, eles são mesmo sensacionais, como já mencionado também. Não dá pra dizer qual zumbi é o melhor, mas, o meu favorito é o que surge por debaixo da terra, quando o casal protagonista está namorando na grama. De verdade, é um dos melhores. Destaco também o primeiro zumbi que aparece, logo no começo do filme, e mata o professor. O mesmo já não pode ser dito no final do filme, quando surge um zumbi com uma mascara de caveira. Por mais que tenham tentado torna-lo convincente, pra mim não funcionou.

 

1477768669_3.jpg

 

burialgroundbr88films-04.jpg

 

large_burial_ground_X05_blu-ray_

 

Mas não são apenas os zumbis que fazem “a festa”. O filme é repleto de cenas gore, desde o começo. Sério. Eu falo de corpos sendo abertos, com os órgãos expostos, sendo comidos pelos zumbis, e sangue, muito sangue! Não sei como esse filme não foi parar na famigerada lista dos “Videos Nasties”, criada na Inglaterra nos anos 80. É sério, só pela primeira cena verdadeiramente gore, o filme poderia entrar nela sem esforço. Por mais nojentas que elas sejam, são bem divertidas, porque a própria burrice dos personagens contribui para que eles morram. A melhor cena é a cena da foice, onde uma das personagens é decapitada por uma foice gigante. Mais essa! Aqui, os zumbis utilizam armas para entrar na casa: foices, machados, enxadas, toras. Muito legal.

 

burial-ground-pic-3.jpg

 

Burial-Ground-1981.jpg

 

Burial-Ground-1981-04

 

O filme chegou a ser lançado em VHS no Brasil, duas vezes, por duas distribuidoras. Na minha opinião, a mais picareta foi a Poderosa, que lançou com o título A Noite dos Mortos-Vivos, igual ao Clássico do saudoso George A. Romero! A outra, lançou com o título A Noite do Terror, com um zumbi com uma metralhadora na capa! Picaretagem da boa!

 

digitalizar0002 (1).jpg
Créditos: VHS – O Último Reduto

 

zumbis-no-cinema-vol2.jpg
Créditos: Versátil Home Vídeo

 

Mesmo assim, permaneceu raro durante muitos anos, até ser lançado em DVD pela Versátil Home Vídeo, em versão restaurada sem cortes, com áudio original em italiano, na excelente coleção Zumbis no Cinema Vol.2.

Enfim, Noites de Terror é um filme muito legal. Um dos melhores filmes italianos de zumbis. Uma pérola trash muito divertida.

Recomendado.

 

s-l1600 (32).jpg
Noites de Terror (1981)

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s